3 MITOS DO HOME OFFICE NO CORONAVIDA

Nesta época da pandemia do coronavírus, que eu prefiro chamar de coronavida – como a artista e pesquisadora Giselle Beiguelman fez, eu tenho visto muitas dicas de como trabalhar de casa

Porém, há uma falha em tais dicas: elas são ótimas para tempos habituais, mas não necessariamente para tempos de pandemia como a que estamos vivendo hoje no mundo. Por isso, hoje eu listo os mitos do home office com, as melhores dicas para trabalhar em casa, em época de coronavírus coronavida. 

Antes, vamos contextualizar

É fundamental que eu te contextualize para quem as informações são voltadas. As dicas de como trabalhar de home office a seguir são para você que, assim como eu, tem uma infra-estrutura básica para trabalhar de casa: uma boa cadeira, internet de alta velocidade e um computador. Em tempos de pandemia, vale acrescentar outros itens que deveriam ser acessíveis a todos, mas no Brasil não são: água encanada e uma moradia segura. 

Entendido isso, vamos esclarecer os mitos do home office em tempos de pandemia do coronavida.      

Crie um local específico para o trabalho 

Esta dica é boa, mas há um risco. Eu te explico melhor: é ótimo ter um local específico para trabalhar em casa – se você puder, é claro -, mas não se prenda totalmente a este lugar. Ou seja: permita-se variar de lugar de trabalho, especialmente se a sua estação de trabalho for no mesmo quarto em que você dorme. Você já não está saindo de casa, ter que ficar presa(o) em um cômodo por conta do trabalho pode ser muito desagradável. Elimine esse estresse da sua lista. 

Pijama não combina com home office

Combina, sim! Afinal, desde quando produtividade está vinculada à roupa? Aproveite esta que é uma das vantagens de trabalhar de casa: use a roupa que você quiser para trabalhar. Se para você é melhor vestir a roupa de trabalho, faça. Mas se no outro dia não estiver afim, use uma roupa diferente ou até mesmo um delicioso pijama. Em tempos de pandemia, é mais importante ainda você eliminar outros tipos de incômodos – como uma roupa te apertando. Aqui a dica para trabalhar em casa é: use SIM roupas confortáveis. Deixe para usar uma roupa de trabalho nos momentos que precisar fazer reuniões online. Eu, por exemplo, tenho usado minhas roupas prediletas para trabalhar, é uma forma de me fazer um agrado sem precisar sair de casa. A sensação tem sido muito boa, recomendo!   

Mantenha uma rotina normal

Estamos em um tempo de pandemia e não há nada de normal nisso. Portanto, aproveite que você vai ganhar 1 hora a mais, porque não precisa pegar um transporte até o trabalho, para fazer algo que você gosta, inclusive dormir um pouco mais. Mas, lembre-se de acordar a tempo de estar disposta(o) no horário de trabalho combinado. 

homeoffice_meme_transporte
“Os especialistas recomendam manter seus rituais diários, mesmo enquanto trabalha em casa.” [Fonte da imagem: Facebook]

A grande dica para trabalhar de casa

A grande dica é: trabalhe da forma que te fizer bem! A maioria das dicas de como trabalhar de casa que eu encontrei na internet são “mais do mesmo” e seguem um padrão que nem sempre pode ser bom para você. Por isso, aproveite da liberdade que você tem ao poder trabalhar de casa: use uma roupa confortável, coloque uma música alta pra tocar, dance entre uma atividade e outra, faça exercícios antes do almoço, aproveite um intervalo para meditar, entre várias outras coisas que são mais confortáveis de fazer em casa.  

Mais algumas dicas para home office

Listei algumas ideias e dicas para home office não tão comuns para você experimentar:

  • Saia do fone: se puder, tire o fone de ouvido e ouça suas músicas fora dele, em uma caixinha ou pelo notebook mesmo. A sensação é outra!
  • Experimente outros horários: ter um horário fixo ajuda muito a te guiar, mas pode ser que naquele dia o trabalho não esteja rendendo muito. Avalie se é possível começar a trabalhar antes ou depois do horário estabelecido. Feito com responsabilidade e estando disponível pelo telefone/Whatsapp dentro das horas combinadas com a equipe, pode ser uma boa alternativa. Isso vale tanto para quem faz freela, como para quem trabalha junto a uma empresa. 
  • Beba água: raramente eu vi essa dica tão básica que parece boba, mas não é. Quando trabalho de casa, por vezes, esqueço de beber água. Lembre-se de manter uma garrafinha. E vale dar uma variada, com um suco ou até uma cervejinha no final do expediente – por que não? Com responsabilidade, sempre dá certo. 
  • Faça pausas regulares: gosto muito do método pomodoro neste sentido. Ele é melhor explicado no Wikipedia, mas, em resumo, é uma forma de organizar o trabalho (ou os estudos) em ciclos de concentração total e de pausas. Funciona pra muitas pessoas e pode ser uma boa para você também.  
  • Não trabalhe demais: um dos perigos de trabalhar em casa, é perder a noção do quanto estamos trabalhando. Por isso, saber quantas horas você vai trabalhar por dia é tão importante.  
  • Mas também não trabalhe de menos: por outro lado, no home office, há o risco de flexibilizar demais a rotina de trabalho e, assim, falhar nas entregas. Aproveite da liberdade que é trabalhar de casa, o que inclui alguma flexibilidade, sim, de horários e como aproveitar as pausas – por exemplo. Mas cuide para isso não afetar seu rendimento. 
  • Autoconhecimento e autocompreensão são fundamentais para um bom home office: a única forma de saber o que funciona ou não para você no home office, é se observando, se entendendo, se perguntando (por que eu não estou conseguindo fazer essa atividade hoje?) e se respeitando. Trabalhar de casa é você com você mesmo – e isso pode ser uma delícia ou um pesadelo a ser encarado. Aproveite este momento para se conhecer melhor!
  • Respeite os dias ruins: trabalhar de casa, usando pijama, com a sua playlist favorita tocando não te imuniza de ficar triste no trabalho, infelizmente. Não caia no mito de que home office é lindo, divino, maravilhoso – nem Caetano Veloso acharia isso! Lembre-se que trabalhar em casa ou em qualquer lugar, vai ter momentos chatos, é inevitável. Evite carregar a “obrigação” do home office feliz nas suas costas, deixe isso só para o LinkedIn (#Brinks!).  

Se mesmo usando todas as dicas do mundo você continuar não gostando de trabalhar de casa, saiba que está tudo bem se home office não for bom para você. Não se obrigue a amar trabalhar de casa. Nem todo mundo gosta, mas ninguém fala isso no Instagram (é segredo, tá?). Lembre-se que é só mais uma fase que uma hora vai passar e o seu trabalho irá voltar ao habitual. Mas, por enquanto, fique em casa. 

Bom, é isso! Essas foram as dicas que eu percebi durante esta primeira semana de home office em isolamento social por conta do coronavida. Se você sentiu falta de alguma, deixe nos comentários. É momento de aprendizado a todas, todos e todes.

4 comentários Adicione o seu

  1. Miguel Felix disse:

    Adorei as tuas dicas, Stef. Algumas ainda me serão muito úteis, enquanto outras já estão sendo colocadas em prática desde a estréia dessa pandemia no Brasil (Covid-19 Quarentine’s Edition 2020).

    Ainda em relação ao home office, mais uma vez percebo o quanto é importante a gente procurar trabalhar com aquilo que realmente gosta e faz nosso coração cantar.

    Trazer trabalho externo pra casa já não é legal, agora imagine trazer trabalho que vc não gosta de jeito nenhum – e por tempo indeterminado! :X

    Besitos :*

    Curtir

    1. Stefânia disse:

      Ei, Miguel! Agradeço a generosidade do seu elogio, sempre.

      Você acrescenta um ponto muito importante para o qual eu não havia me atentado ainda: trabalhar com aquilo que realmente gosta. Concordo com o que você diz, isso faz ainda mais diferença ao trabalhar de casa. Agradeço a sua contribuição.

      Beijos, meu querido!

      Curtir

  2. Juliana disse:

    Stef eu simplesmente ameeeeiii ler este e seus tantos outros textos aqui! Esse do home office faz total sentido! A parte 1 dos efeitos da Pandemia para a comunidade LGBTQIA+ com aqueles relatos, é de cortar o coração!
    Muito obrigada por trazer informações extremamente importantes com um olhar minucioso a casa detalhe! Sensacional 👏😘

    Curtir

    1. Stefânia disse:

      Ei, Ju! Muito obrigade! Fiquei muito feliz que tenha gostado dos textos! 🥰🥰
      Os relatos são muito tristes e preocupantes mesmo, infelizmente! 🥺
      Vamos juntes nas lutas! 💪😘

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s